exposicao-Museu-do-Samba

Museu do Samba oferece visitas mediadas

Que tal passear pela história do samba e dos maiores sambistas brasileiros com o auxílio luxuoso de um especialista? É assim que funcionam as visitas mediadas oferecidas pelo Museu do Samba, nas quais os visitantes são acompanhados por um pesquisador da instituição. Enquanto conhecem o acervo e visitam exposições, o público fica sabendo de detalhes e curiosidades transmitidas pelo pesquisador.

A programação do Museu do Samba conta com três exposições permanentes e, periodicamente, recebe novas mostras. A exposição Samba Patrimônio Cultural do Brasil apresenta a trajetória do samba e presta uma homenagem aos sambistas, que, apesar de sua origem humilde, foram capazes de criar uma das maiores organizações sociopolíticas e culturais do nosso país, as escolas de samba.exposicao-Museu-do-Samba

Em Simplesmente Cartola, o visitante tem acesso a fotos, objetos e discografia, que ilustram a vida, a obra e um pouco da história especial desse mestre com que poderiam se identificar muitos e muitos brasileiros. Já a mostra Dona Zica da Mangueira e do Brasil apresenta a biografia de Dona Zica, não apenas como esposa, musa inspiradora e companheira dedicada de Cartola, mas como uma guerreira, batalhadora incansável e sorridente, uma liderança na Estação Primeira e no Morro de Mangueira, um símbolo da mulher negra como força propulsora de nossa cultura.

A visita mediada pode ser agendada de segunda a sexta, de 10h às 17h. O ingresso custa R$ 10,00, mas estudantes pagam R$ 2,00. Informações e agendamentos pelo telefone (21) 3234-5777. O Museu do Samba fica na Rua Visconde de Niterói, 1296, em Mangueira, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro.

Um pensamento para esta postagem.

  1. JORGE MARQUES MOREIRA, em 17 de agosto de 2015

    Muito interessante. Fortaleceu ainda mais a idéia de criar o acervo do Samba, aqui em Porto Velho que conta com um rico celeiro de bambas e uma forte tradição do carnaval.

Comentários encerrados